Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
20/02/2008
Vereadores prestam apoio a declarações de juiz

O presidente da Câmara Municipal de Araçatuba, Antônio Edwaldo Dunga Costa, apresentou na sessão desta segunda-feira (18/02) requerimento de apoio ao juiz Émerson Sumariva Júnior, corregedor de presídio e titular da 2º Vara de Execuções Criminais da Comarca de Araçatuba. O requerimento foi motivado por uma entrevista que o juiz deu ao jornal Folha da Região, de Araçatuba, no dia 16 de fevereiro último. Na entrevista, o juiz revelou as precárias condições de trabalho da Justiça na região.

Com o título "Para juiz corregedor, criminosos são mais organizados que o Estado", a reportagem revela que faltam policiais militares e delegados de polícia na região de Araçatuba que hoje tem 11 unidades prisionais que abrigam 12 mil presos.

Na entrevista, o juiz Emerson Sumariva diz que a situação é semelhante a um "enorme barril de pólvora prestes a explodir". Ele revela que o único cartório no Fórum de Araçatuba que atende duas varas criminais, a situação é precária. Parte dos 13 mil processos estão espalhados pelo chão, por falta de prateleiras.

Dunga aproveitou a tribuna da Câmara para pedir apoio à população. Segundo ele, se tem um profissional que precisa do apoio, inclusive da imprensa, são os policiais. "O policial civil faz plantão de 24 horas e nas 12 horas em que descansa precisa ficar de plantão em sua própria casa para cuidar da segurança da sua família", disse se referindo à transferência de presos da capital para os presídios construídos na região.

"O carandiru agora é aqui", afirmou. O requerimento de Dunga também foi discutido pelos vereadores Jaime José da Silva, cabo Claudino, Arlindo Araújo, Edval Antônio dos Santos e Marcos Salatino.

Fonte: Assessora de Comunicação - Paula Todesco
Compartilhe:
<< Página Anterior