Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
08/04/2008
Servidores pedem aumento durante sessão da Câmara

A décima sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada no último dia 07/04, foi interrompida por uma manifestação de funcionários municipais, principalmente os do setor da educação. O presidente da Câmara em exercício, Jaime José da Silva, com o consentimento dos demais vereadores, transformou a sessão em informal durante quinze minutos para ouvir as reivindicação do presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (Sisema), Manoel José de Oliveira.

Os servidores querem reposição de 11,84% referente a perdas salariais de 2005 a 2007; aumento real de salários de 20%; tiquete refeição e implantação do plano de carreira. "O salário do servidor está muito defasado e o plano de carreira é para valorizar o funcionário numa espécie de compensação de esforços", disse Oliveira.

O pedido mais urgente vai para a reposição dos servidores que se enquadram nos padrões de 1 a 10, que são os berçaristas, recreacionistas e agentes de serviços gerais, cujos salários são de R$ 462,36. "Gostaríamos que o prefeito fizesse a reposição de uma vez só, aumentando assim um pouco menos de R$ 50,00 em seus salários", explica Oliveira.

O presidente do Sisema afirmou que todos os pedidos estão protocolados na Prefeitura desde o ano passado. "Como até agora não tivemos nenhum aceno do prefeito Jorge Maluly Netto viemos buscar o apoio dos vereadores", disse.

Os vereadores se colocaram à disposição para ajudar os servidores municipais. O vereador Luciano Gomes propôs que as negociações sejam feitas na Câmara Municipal, para que todos os vereadores, da bancada ou oposição, possam participar.

Marcos Salatino afirmou que nenhum vereador é contra a reposição salarial, até porque considera uma vergonha o valor pago aos servidores. "Só temos até junho para correr atrás desses reivindicações porque depois inicia-se o período eleitoral ", disse.

Durante a manifestação, os servidores apresentaram faixas no plenário com os dizeres: "Democracia, plano de carreira, data base, valorização do servidor e aumento salarial para todos", "Aquele que cuida merece ser cuidado. Aumento salarial já", entre outras.

Ausente da sessão por motivos pessoais, o presidente da Câmara, Antônio Edwaldo Dunga Costa, telefonou para sugerir uma reunião entre os servidores e o prefeito. O encontro deve acontecer na próxima quarta-feira, em local a ser definido.

Fonte: Assessora de Comunicação - Paula Todesco
Compartilhe:
<< Página Anterior