O presidente do (Sisema) Sindicato dos Servidores Municipais de Araçatuba, Manoel José de Oliveira Pereira, pediu nesta segunda-feira, durante a 18ª sessão ordinária, apoio dos vereadores ao pedido de reposição de inflação, de 7,19%, referente ao período de janeiro de 2005 a dezembro de 2007. " /> O presidente do (Sisema) Sindicato dos Servidores Municipais de Araçatuba, Manoel José de Oliveira Pereira, pediu nesta segunda-feira, durante a 18ª sessão ordinária, apoio dos vereadores ao pedido de reposição de inflação, de 7,19%, referente ao período de janeiro de 2005 a dezembro de 2007. "/>
Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
02/06/2008
Presidente do Sisema pede reposição de inflação de 7,19%

O presidente do (Sisema) Sindicato dos Servidores Municipais de Araçatuba, Manoel José de Oliveira Pereira, pediu nesta segunda-feira, durante a 18ª sessão ordinária, apoio dos vereadores ao pedido de reposição de inflação, de 7,19%, referente ao período de janeiro de 2005 a dezembro de 2007.

Ele distribuiu aos vereadores um documento que foi encaminhado em setembro do ano passado ao prefeito Jorge Maluly Netto, contendo reivindicações para melhorar a vida do servidor. Além da reposição das perdas, o Sisema pede reajuste salarial de 20%; a definição de uma data base para a categoria; extinção do cargo de agente de serviços gerais para a valorização real das funções exercidas pelos servidores; a concessão de cesta básica ou vale refeição, a abertura de conta salário, entre outras.

Pereira disse que o departamento jurídico do Sisema tem sofrido muitas críticas sobre o não pagamento da reposição inflacionária. "Nosso jurídico não é omisso. Prova disso é que o documento com as nossas reivindicações foi entregue ao prefeito Maluly em setembro do ano passado e até agora nada. É por isso que o apoio da Câmara é fundamental", pediu.

O presidente do Sisema pediu que o prefeito esqueça as diferenças pessoais. "Se o Dr. Jorge não gosta de mim, que não desconte no servidor, que não tem nada com isso", disse. Ele lembrou que enquanto o agente de serviços gerais continua ganhando R$ 462,00, o arroz teve aumento de mais de 20%. "Dá para sobreviver assim", indaga.

Em ano de eleição, Pereira garante que o voto será uma poderosa arma para o servidor. "Teremos a chance de escolher quem realmente se comprometer com o funcionalismo", sugeriu.

O vereador Marcos Salatino também usou a tribuna para anunciar que o prefeito Maluly, teria informado através do seu líder de bancada, vereador Dr. Jaime, que fará a reposição referente ao ano de 2008.

Fonte: Assessoria de comunicação: Paula Todesco
Compartilhe:
<< Página Anterior