Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
20/03/2009
Mulheres enfrentam madrugada para tentar atendimento médico

Mais de 25 pessoas, na grande maioria mulheres, enfrentaram a madrugada da sexta-feira, 20 de março, para conseguir guia de atendimento médico na Unidade Básica de Saúde (UBS)  - Maria Tereza de Andrade,  no Bairro Nossa Senhora Aparecida. Apesar do esforço, muitas mulheres voltaram decepcionadas para casa. Elas procuram atendimento ginecológico, mas apenas três guias desta especialidade são oferecidas semanalmente pelo posto. A fila começa a se formar pouco depois das 4h da manhã, quem chega mais tarde fica sem consulta e tem que voltar só na próxima semana. Maria Aparecida Lemes,  que é usuária do  posto de saúde  há mais de 14 anos,  é sempre uma das primeiras a chegar. "Mesmo madrugando, muitas vezes não consigo guia", reclamou.

 O vereador Joel Platibanda (PMN)  foi pessoalmente ver a situação das pessoas que dependem do atendimento médico no posto. Ele ouviu as pacientes e ficou indignado com situação delas. "O prefeito Cido Sério terá que cobrar medidas do  secretário de Saúde sobre o assunto. Não podemos permitir que as  pessoas sejam tratadas com esse descaso e  arrisquem suas vidas vindo de madrugada a uma UBS. Vou exigir  providencias pessoalmente dele.", declarou.

A aventura noturna para os que dependem do atendimento na UBS é diária.  Segundo a usuária  Aparecida Ribeiro Noves, outras especialidades também têm guias  insuficientes para  atender a demanda e  para  consegui-las  é preciso enfrentar a fila na madrugada. "Para o clínico geral, eles também só oferecem três vagas por semana", garantiu.    

Fonte: Assessoria de Comunicação: Fátima Mantello
Compartilhe:
<< Página Anterior