Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
08/06/2006
Morre narrador esportivo Fiori Giglioti, cidadão de Araçatuba

Um dos principais narradores esportivos da história do rádio brasileiro, Fiori Giglioti, morreu na madruga do dia 08/06, na cidade de São Paulo. Cidadão Araçatubense, recebeu o título em 16 de agosto de 2002 através de um projeto do então presidente da Câmara Carlos Hernandes. Ele também era um dos padrinhos da TV Câmara de Araçatuba e participou das comemorações de três anos da emissora.

Nascido em Barra Bonita (SP), Fiori Giglioti iniciou sua carreira em Lins. Conhecido principalmente pelo bordão: "Abrem-se as cortinas e começa o espetáculo" o radialista trabalhou nas principais rádios brasileiras entre elas a Bandeirantes, durante 38 anos, onde marcou época. Atualmente trabalhava na Rádio Capital emprestando toda sua experiência e conhecimento à programação esportiva.

Único cronista esportivo a participar de 10 Copas do Mundo tornou-se extremamente querido em todo o Brasil, tanto que recebeu mais de 160 títulos de cidadania, inclusive de nossa cidade. As duas vezes que discursou na tribuna da Câmara, quando recebeu o título de cidadão e quando participou das festividades de três anos da TV Câmara, foi aplaudido de pé. Seus discursos sempre sensíveis e poéticos emocionavam as platéias de todo país. Ligado à família e extremamente religioso lembrava sempre aos ouvintes atentos sobre a importância de valorizar esses aspectos da vida para atingir a felicidade plena.

Ensinou àqueles que o admiravam como profissional e como pessoa que era preciso sempre reverenciar o criador em tudo o que se faz. Nos finais de suas apresentações encerrava humildemente sua participação com a frase: "volto se Deus quiser". E assim, o cidadão Fiori Gigliotti em sua vida demonstrou que além da competência profissional, tinha principalmente a competência para viver.

Fonte: Assessora de Comunicação - Fatima Mantello
Compartilhe:
<< Página Anterior