Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
29/08/2007
Marcos Salatino quer providências da prefeitura

Assuntos como a Comissão Especial de Inquérito da FEA - Fundação Educacional de Araçatuba - e a execução de Programa de orientação e prevenção ao uso de tóxicos foram matéria de requerimentos apresentados pelo vereador Marcos Salatino, durante sessão realizada em 27 de agosto. Salatino cobra providências da prefeitura.

O requerimento de informação 467/2007 quer saber quais as providências tomadas pela prefeitura com relação aos trabalhos da CEI. Salatino disse que a Câmara enviou o documento conclusivo da comissão à prefeitura há mais de 20 dias e até o momento não sabe quais providências foram tomadas. Ele lembra que o documento revela inúmeros indícios de irregularidades e que devem ser apurados com urgência.

O trabalho conclusivo da CEI foi lido e aprovado pela Câmara durante sessão ordinária realizada em 6 de agosto deste ano. O processo de coleta de dados do documento, com 1.159 páginas, levou 5 meses para ser concluído e foi desenvolvido pelos vereadores Marcos Salatino (presidente) PMDB , Dr. Jaime (relator) PSDB , Edval Antônio dos Santos - DEM , Luciano Gomes - sem partido e pela vereadora e professora Marly Garcia (PMN).

O requerimento aprovado pelo plenário foi subscrito pelos vereadores Marcelo Andorfato (PSB) , Mário Mardegan (PSDB), Cabo Claudino (PRB), Dr. Jaime (PSDB) , Arlindo Araújo (PPS) e Luciano Gomes -sem partido.

O outro requerimento do vereador Salatino quer o efetivo cumprimento da Lei 5.969/2001 que permite a realização de programa de prevenção ao uso de tóxicos nas escolas. Por meio do requerimento, ele pergunta ao prefeito se o programa foi incluído na grade curricular das escolas municipais de ensino fundamental e se negativo quais as razões.

O prefeito tem até 15 dias, após o recebimento do documento, para responder oficialmente as indagações do vereador.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Fátima Mantello
Compartilhe:
<< Página Anterior