Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
09/03/2009
Conselho de Defesa da Mulher faz evento na Câmara

O Conselho de Defesa da Mulher realizou na Câmara Municipal, sábado (07/03) ,  um encontro de lideranças femininas em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres. Apresentações artísticas, palestras, homenagens e sorteio de brindes fizeram parte do evento que reuniu cerca de 100 pessoas  na Sala das Sessões. Falando aos presentes a    presidente do Conselho Municipal da Mulher, Silvia Niwa,  lembrou que  as conquistadas obtidas  pelo  feminino ao longo dos anos   foram conseguidas  por meio da organização e aproveitou a oportunidade para   convocar as mulheres a participarem  mais ativamente do órgão que representa. 

 O legislativo, parceiro no evento, esteve representado pelas três vereadoras Casa. A presidente da Casa vereadora Edna Flor (PPS), a professora Durvalina Garcia (PT)  e a vereadora Tieza (PSDB). Em seu pronunciamento, Durvalina lamentou os números ainda alarmantes com relação à violência sofrida pelas mulheres. Para ela, a representação política é importante para mudar essa e outras realidades. A vereadora Tieza disse que  acredita na capacidade feminina de liderar. Para ela, as mulheres no poder podem transformar a vida das pessoas e  as necessidades femininas em políticas públicas.   

 A violência doméstica foi um dos temas de destaque durante o evento. A delegada da  Mulher de Araçatuba Luciana Pistori Fracino explicou aos presentes que  a Lei Maria da Penha,  de  agosto de 2006,  trouxe   significativos avanços no tratamento dado a este  tipo de crime no Brasil, principalmente no tocante à proteção da mulher. "Depois da Lei Maria da Penha as mulheres estão se sentindo mais seguras e denunciando mais", disse.

 Para a presidente da Câmara, Edna Flor, as mudanças na legislação são significativas, mas devem funcionar de fato no dia-a-dia. Segundo a vereadora, uma das necessidades prioritárias para região é a instalação de uma casa de passagem para receber mulheres e crianças da região que precisam ser afastadas de  casa por medida de segurança.."Uma comissão formada pelas três vereadoras da Casa  já está trabalhando nesse sentido. Estamos confiantes  e não   vamos medir esforços para conseguir este tipo de atendimento para as mulheres vítimas de violência. Uma necessidade dessa não pode esperar", alertou.   

 A associação AVIDDA - Associação de Valorização, Integração e Dignidade do Doente de AIDS - aproveitou o encontro para homenagear mulheres de destaque na sociedade e o trabalho voluntário feminino. Nove mulheres receberam o troféu Mulheres Anjo. A professora Rosangela Vécchia  também foi homenageada durante o evento  pelo trabalho que desenvolve na Fundação Afonso Toledo no sentido de criar uma rede regional de proteção à infância e adolescência.  O prêmio intitulado Mulher Cidadã foi oferecido pela Ong Rede de Cidadania.

 Receberam o troféu Mulher Anjo:

 1- Vereadora Tieza

2- Dra Margareth Lemos                       

3- Nilza França                                           

4- Cida Xavier                                        

5- Neiva Vieira

6- Assunta Curti

7- Cida Prates

8- Vereadora Edna Flor

Também foram homenageadas: Margareth Martins, Deomerce Damasceno e Veredora Professora Durvalina Garcia.

 

Compartilhe: