Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
12/05/2009 00:47:57
Comissão vai reivindicar recursos ao Estado e à União

A Câmara Municipal de Araçatuba aprovou com emenda, durante a 15ª sessão ordinária do ano, realizada nesta segunda-feira (11), projeto de resolução de autoria do vereador Edval Antônio dos Santos (PP), que constitui comissão especial de dois vereadores para reivindicar aos governos federal e estadual recursos financeiros visando à pavimentação asfáltica da Avenida Joaquim Pompeu de Toledo, entre a Rua Tupinambás e o Conjunto Habitacional José Saran.

De acordo com o autor do projeto, a comissão terá prazo de 60 dias, contados da nomeação dos seus integrantes, para concluir os trabalhos e apresentar o relatório ao plenário.

O parlamentar argumenta que a avenida é uma importante via de acesso a vários bairros, entre eles: Bandeiras, Icaray, Esplanada, Morada dos Nobres, Bandeirante, Claudionor Cinti, Guanabara, Traitu, Jussara, Pedro Perri, entre tantos outros, bem como a região central.

"Há tempos existe a expectativa da complementação da pavimentação asfáltica desta avenida, frequentemente incluída em peças orçamentárias. Dada à inércia do Executivo municipal para efetuar este serviço, propus constituir uma comissão especial de dois vereadores para buscar recursos nas esferas estadual e federal para viabilizar esta melhoria", explicou.

Adiado                                                                             

A pedido do próprio vereador e autor da propositura, o plenário aprovou o adiamento por uma sessão de um projeto de resolução que designa dois vereadores para elaborarem estudos visando à viabilização de um pronto-socorro municipal no bairro Jardim TV. Portanto, a matéria volta a ser discutida na 16ª sessão ordinária, que será realizada na próxima segunda-feira (18).

Na justificativa do projeto, Edval pondera que o bairro é um dos mais antigos da cidade e o contingente de moradores reforça a necessidade de ampliar e aperfeiçoar o atendimento à saúde pública naquele local.

"A Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim TV não está mais suportando a demanda, dada à quantidade significativa de atendimentos. A saúde pública tem de estar à disposição da população permanentemente para o atendimento de urgências e a unidade básica atende somente em horário comercial", afirmou.
Fonte: Assessoria de Comunicação: João de Paula/ Foto: Angelo Cardoso
Compartilhe:
<< Página Anterior