Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
17/04/2006
Audiência pública vai discutir sobre fechamento de bares

Para ouvir a população, comerciantes e profissionais ligados a área de segurança, a Câmara vai realizar na próxima terça-feira (18/04), a partir das 20h, uma audiência pública para discutir sobre a viabilidade do fechamento dos bares no período das 23h às 6h da manhã.

O evento será realizado no plenário do legislativo e transmitido ao vivo pela TV Câmara, canal 96 do sistema Vivax de televisão por cabo. Foram convidados para o evento delegados de policia, vereadores, imprensa, e o sindicato que representa os comerciantes. A população também pode e deve participar.

O projeto apresentado em conjunto pelos vereadores Marcos Salatino (PMDB) e Luciano Gomes (PL) pretende limitar o funcionamento dos bares no município. A matéria gerou polêmica e por isso os vereadores resolveram ouvir a comunidade sobre o assunto antes que a Câmara vote definitivamente a sugestão.

O projeto já entrou na pauta de discussão em plenário, mas teve sua análise adiada a pedido de seus autores. A sugestão divide opiniões, de um lado há pessoas que acreditam na medida como alternativa para diminuir a violência no município, mas de outro estão os cidadãos que defendem o direito de escolha dos comerciantes.

O sindicato que representa a categoria posicionou-se contra a medida e esteve no plenário para acompanhar a discussão do projeto. Segundo os autores do projeto, Araçatuba possui vários estabelecimentos onde ocorre o consumo exagerado de bebidas alcoólicas. "Sabemos que esses locais são freqüentados por pessoas de boa conduta e também por pessoas agressivas, agentes da violência e da criminalidade. Ocorre que vários bares se tornam locais propícios para brigas, tráfico de entorpecentes e vários tipos de crimes", alertou Salatino.

Os vereadores citam exemplos de cidades como Bauru, Diadema e Guararapes, que adotaram a "lei seca", ou seja, o fechamento dos bares após as 23h, e obtiveram bons resultados. "Com o fechamento dos bares estaremos diminuindo a facilidade de acesso das pessoas que fazem da bebida o caminho do crime e da violência", destacou Luciano

Os dois vereadores concordam que o assunto é polêmico, mas acreditam que medidas concretas devem ser adotadas.
Fonte: Assessora de Comunicação - Fátima Mantello
Compartilhe:
<< Página Anterior