Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão
Notícias
17/03/2020
Parlamentares aprovam seis requerimentos de informações na 7ª sessão

Os vereadores de Araçatuba aprovaram ontem (16), durante a fase do Grande Expediente da 7ª sessão ordinária do ano, seis requerimentos de informações oficiais endereçadas ao prefeito Dilador Borges (PSDB).

O vereador Arlindo Araújo (sem partido) assina três desses requerimentos. No primeiro, ele pergunta ao prefeito qual o valor atual da bolsa-auxílio paga a atletas amadores e pede a relação de nomes dos esportistas beneficiados.

Em outro requerimento, Arlindo Araújo quer saber quantas obras estão em andamento no município; quais as empresas empresas responsáveis; e pede ainda a relação das obras em andamento e das que estão paralisadas, com os respectivos valores investidos em cada uma delas.

O vereador Arlindo Araújo encerra o ciclo de requerimento apresentados por ele solicitando ao chefe do Executivo Municipal a relação de todos os prédios que integram o patrimônio público da cidade.

GELADEIRA

Com base em informações recebidas pelo seu próprio gabinete, o vereador Cido Saraiva (MDB) alerta para a falta de uma geladeira na Unidade Básica de Saúde do Bairro São Rafael para armazenar vacinas. Segundo ele, sem o equipamento há quatro meses, funcionários da UBS estariam indo buscar as vacinas na Vigilâcia Sanitária diariamente.

Há reclamações de que estariam faltando gaze e até mesmo copos descartáveis na unidade de saúde. Cido Saraiva quer saber por que a UBS está sem geladeira e as razões que levam a unidade a não ter gaze e copos.

O programa estadual Cidade Legal é tema de um requerimento apresentado pelo vereador Dr. Alceu (PV). Ele quer saber quais bairros estão com o processo de regularização fundiária em andamento e qual o prazo para entrega das escrituras.

O atendimento preferencial em estabelecimentos públicos e privados a pessoas com Transtornos do Espectro Autista (TEA) é tema de um requerimento apresentado pelo vereador Denilson Pichitelli (PSL).

Pichitelli quer saber se os cartões de identificação das pessoas com TEA já foram produzidos pelo município e o local onde usuários e seus representantes devem requerer o cartão.

Conforme previsto no Regimento Interno da Câmara, o prefeito tem até 15 dias para prestar os esclarecimentos ao Poder Legislativo.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação: João de Paula// Foto: Angelo Cardoso
Compartilhe:
<< Página Anterior