Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
23/06/2020
Retirada de pontos de ônibus é alvo de requerimento

Usuários do transporte coletivo que moram no Água Branca foram surpreendidos com a retirada de cinco pontos de parada de ônibus no bairro. O problema veio à tona durante a 19ª Sessão Ordinária do ano, realizada na segunda-feira (22/06), por meio de um requerimento de informações oficiais apresentado pelo vereador Dr. Alceu (PSDB). A solicitação foi aprovada por unanimidade após ser debatida pelo plenário.

De acordo com o autor do pedido, os pontos retirados pela empresa responsável pelo transporte coletivo urbano no município eram utilizados, inclusive, por cadeirantes. “O morador Joaquim Cândido é cadeirante e me mandou um bilhete, dizendo que a situação ficou complicada. Um dos pontos ficava na frente da casa dele”, denunciou Dr. Alceu.

No requerimento, o parlamentar questiona o motivo da retirada dos pontos e qual a solução apresentada pela empresa concessionária do serviço para as pessoas com limitações físicas, que agora precisam percorrer distâncias maiores para acessar o transporte público.

O vereador Professor Cláudio (PMN) considerou a situação absurda e disse que também recebeu reclamações. “Que falta de consideração com as pessoas mais pobres, que precisam tomar o ônibus. Que palhaçada é essa? O povo não pode ser tratado desse jeito”, protestou.

A mesma opinião foi compartilhada pelo vereador Denilson Pichitelli (PSL). “Não é de hoje que essa empresa trata os usuários dessa forma. É um desrespeito”, afirmou.

Outro ponto de parada de ônibus retirado recentemente foi o da Praça do Guanabara, mencionou a vereadora Tieza (PSDB). “Peço à Prefeitura que olhe para esses problemas sem comunicação prévia. Isso prejudica demais quem depende do transporte coletivo. As coisas já estão bem difíceis para todo mundo. Não podemos acrescentar problemas”, disse.

BENEDITA FERNANDES –

Ao todo, os vereadores aprovaram sete requerimentos de informações oficiais na 19ª Sessão Ordinária do ano. O vereador Cido Saraiva (MDB) assina um desses pedidos, questionando a Prefeitura sobre as datas e os valores dos dois últimos repasses de recursos pelo Município ao Hospital Benedita Fernandes.

Todos os requerimentos devem ser respondidos em 15 dias. Porém, conforme ato da Mesa Diretora, durante o período de pandemia de Covid-19, esse prazo pode ser prorrogado por período superior, mediante solicitação.

Fonte: Assessoria de Comunicação: Suzy Faria // Foto: Angelo Cardoso
Compartilhe:
<< Página Anterior