Araçatuba,
Texto Menor
Texto Maior
Contraste
Portal da
Transparência
Acesso à
Informação
e-SIC
Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão
Verdade ou Boato
Confira se uma notícia é verdadeira ou falsa
Notícias
23/06/2020
Covid-19: secretária divulga ações para enfrentamento de pandemia

Em pouco mais de duas horas, a secretária municipal de Saúde de Araçatuba, Carmem Guariente, prestou esclarecimentos gerais sobre as ações desenvolvidas pela Prefeitura para enfrentar a pandemia da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavirus).

A sabatina realizada nesta segunda-feira (22), durante a 19ª sessão ordinária do ano, resultou de um requerimento de convocação proposto pelo vereador Dr. Flávio Salatino (PV), aprovado pelos demais parlamentares no último dia 8, durante a 17ª sessão.

Antes de responder às perguntas dos parlamentares, Carmem divulgou um painel de evolução da situação epidemiológica da doença entre os meses de abril a junho deste ano. Até hoje, havia 273 casos suspeitos; 652 resultados negativos; 427 positivos; e 36 internados.

O quadro mostra ainda que até o momento há 463 pessoas recebendo tratamento em casa; 67 pacientes obtiveram alta desde o dia 1º de abril; 5 óbitos suspeitos; 14 mortes confirmadas; e 223 pessoas foram curadas da doença.

Segundo a gestora da Saúde, o município foi contemplado com cerca de R$ 4,8 milhões em recursos dos governos federal e estadual para investimentos no controle da doença. Coube à União o maior aporte: R$ 3,2 milhões.

Segundo a secretária, a maior parte dos recursos foi aplicada na aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os trabalhadores ligados à Saúde. A aquisição de exames para detecção do coronavírus e a adequação das instalações do Hospital Municipal de Mulher também receberam investimentos.

Após a explanação, os vereadores que participaram da reunião mista (em modo presencial e à distância, por meio de um aplicativo de compartilhamento de telas) se inscreveram em duas rodadas de perguntas sobre as estratégias da administração municipal para o enfrentamento da doença.

Os pacientes internados no Hospital Ritinha Prates e os que tiveram alta e agora realizam tratamento no centro de reabilitação dessa unidade de saúde; os critérios para aplicação de testes de detecção em trabalhadores da saúde; quantidade de testes adquiridos; quais orientações às pessoas com sintomas da doença que fazem tratamento em casa; e a disponibilidade de respiradores para pessoas que estejam internadas com a doença foram alguns dos temas predominantes dos ciclos de perguntas.

Carmem Guariente também deu explicações sobre a disponibilidade de medicamentos e insumos para lidar com as atualizações diárias da situação epidemiológica; educações educativas para conscientizar as pessoas para a importância do distanciamento social para diminuir a incidência de casos no município; disponibilidade de EPIs para os trabalhadores na saúde, possibilidade de ampliação da testagem e a previsão do pico de casos da Covid-19 na cidade.

Fonte: Assessoria de Comunicação: João de Paula// Foto: Angelo Cardoso
Compartilhe:
<< Página Anterior